06 de Março de 2012
MA: Estado discute correção da distorção escolar

Veículo: 
O Estado do Maranhão

Representantes de 18 municípios e técnicos de 17 Unidades Regionais de Educação (UREs) do Maranhão participam, em São Luís, do Encontro de Apresentação dos Programas de Correção de Fluxo, uma parceria entre a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Instituto Ayrton Senna (IAS), Renosa e Instituto Coca-Cola. A implementação dos programas faz parte da municipalização do ensino fundamental e vai ajudar os gestores municipais de educação na correção da distorção idade-série nas escolas públicas. “Na hora em que se corrigem as distorções, você pode dar mais atenção à qualidade do ensino”, declarou o secretário-chefe da Casa Civil do governo do estado, Luís Fernando Silva. “Temos no Maranhão 60 mil alunos com distorções entre a idade e a série”, afirmou o secretário de estado de Educação, João Bernardo Bringel.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.