25 de Janeiro de 2012
Justiça suspende acesso a provas do Enem

Veículo: 
A notícia foi publicada nos principais jornais do País

A liminar da Justiça Federal no Ceará que determinava ao Ministério da Educação (MEC) a divulgação das provas e espelhos de correção das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a todos os candidatos do País foi suspensa ontem (24). A decisão partiu do presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), em Recife (PE), Paulo Roberto de Oliveira. Em sua argumentação, ele afirmou que a medida anterior faz "saltar aos olhos a mais aparente politização das questões relativas ao Enem. Se, de um lado, o exame ainda não ostenta - é fato a se lamentar - a qualidade operacional desejada, de outro não pode ser ignorado o descuido - inexiste palavra mais amena para dizê-lo - com que vem sendo judicialmente combatido". Ainda cabe recurso da decisão.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.