23 de Setembro de 2013
Jovens representam maior risco para violência no trânsito

Veículo: 
Zero Hora

De acordo com os especialistas Aurinez Rospide Schmitz e Flavio Pechansky os jovens motoristas ocasionais representam perigo ao volante. Eles praticam o chamado binge drinking, como é conhecido o costume de tomar altas quantidades de álcool em pouco tempo. Os jovens têm ainda mais dificuldade em estipular um limite para a bebedeira e sua experiência de trânsito é menor. Por isso, os adeptos do binge drinking levam mais perigo às ruas e às estradas do que os alcoolistas veteranos. "O problema mais frequente entre os motoristas éa violência e os acidentes de trânsito. O bebedor episódico, por exemplo, é o que causa mais acidentes", afirma o médico especialista em dependência química Sérgio de Paula Ramos.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.