Infância na Mídia

Agência Brasil
26/04/2018
O número representa 17,3 milhões de jovens, aponta estudo da Abrinq. Em relação àqueles em extrema pobreza, o número chega a 5,8 milhões de jovens, ou seja, 13,5%. O que caracteriza a população como pobres e extremamente pobres é rendimento mensal domiciliar per capita de até meio e até um quarto de salário mínimo, respectivamente
O Estado de S. Paulo
26/04/2018
Negligência, agressão psicológica e violência física são as violações mais relatadas. O Disque 100, canal do Ministério de Direitos Humanos, recebeu 144.580 denúncias de violações de direitos de crianças e adolescentes em 2016. São 396 ocorrências por dia ou 16 a cada hora. Em uma ocorrência podem ser informados mais de um tipo de violação
Globo.com
26/04/2018
Estudo divulgado na última terça-feira (24) pela Fundação Abrinq mostra dados sobre a situação das crianças e adolescentes no Brasil nas áreas de educação, saúde e acesso a direitos básicos. Oferta de vagas em creches para crianças de zero a três anos segue desigual no país. A desigualdade regional também afeta a infra-estrutura das creches
Folha de Pernambuco
23/04/2018
Para educador finlandês, de Harvard, o uso pesado de smartphones, redes sociais e outras tecnologias tem "retirado o tempo de leitura dos jovens, de lição de casa, e afeta habilidades como concentração e persistência para aprender"
Folha de S. Paulo
23/04/2018
Projetos recorrem a leituras de reportagem e checagem no impresso e no online para desenvolver capacidade de análise com visão crítica. Ferramentas também ampliam o gosto pela leitura e expandem habilidades de compreensão de texto
Revista Istoé
23/04/2018
Mais da metade dos jovens brasileiros, de todas as classes sociais, perdeu o interesse pelos estudos e corre o risco de ficar fora do mercado de trabalho. Onde a nossa educação está falhando e qual o custo disso para o futuro do País?
www.ebc.com.br
19/04/2018
Infraestrutura para escolas e valorização dos professores são ações consideradas essenciais para manter as línguas, a diversidade e a resistência das comunidades. Uma das principais dificuldades, hoje, é garantir o acesso e a permanência dos índios nas universidades
Agência Brasil
19/04/2018
Um estudo sobre a judicialização da educação básica no Brasil mostra que as principais causas de ações na justiça são a busca por vagas em creches e a permissão para o ingresso no ensino fundamental de crianças com idade inferior ao determinado pelo Conselho Nacional de Educação (CNE)
Folha de S. Paulo
19/04/2018
Levantamento aponta aumento de 17% do número de registros na rede em 2017. Os registros de bullying são feitos por meio do ROE (Registro de Ocorrências Escolares), espécie de boletim de ocorrência escolar. Até o ano passado, mais de 52 mil profissionais passaram por formações ligadas ao tema
Revista Veja
17/04/2018
Relatório da Anistia Internacional denuncia humilhação e exploração sexual a pessoas que tiveram ligações, mesmo que distantes, com os jihadistas. Mulheres e crianças não têm acesso a alimentos, água ou assistência médica, e são impedidas de trabalhar e transitar
Patrocínio
Petrobras

Ex: 15/12/2018