03 de Abril de 2012
Incluir crianças com Down é obrigação das escolas

Veículo: 
Correio Braziliense

O editorial desta terça-feira (3) do Correio Braziliense defende que conviver com diferentes faz parte da educação. “Choca que escolas particulares do Distrito Federal não aceitam meninos e meninas com síndrome de Down. Ou que condicionam a matrícula a pagamento de taxa extra. O Conselho Nacional de Educação (CNE) e a Secretaria de Educação consideram discriminatória a cobrança. O direito está consagrado na Constituição Federal e na legislação específica da matéria”, diz. “Antigamente ações solidárias eram consideradas favor. Hoje são dever. As escolas, que se comprometem com o Estado a desempenhar função educadora, têm a obrigação de incluir. Classes especiais destinadas a alunos com deficiência são lembranças do passado. Colégios que não se deram conta da transformação de mentalidade pertencem também ao passado”, sintetiza.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.