01 de Março de 2013
Grupo pede ação contra pedófilos

Veículo: 
Diário do Nordeste

No último dia do pontificado de Bento XVI, um grupo de apoio a vítimas de abusos sexuais cometidos por clérigos pediu à Organização das Nações Unidas (ONU) que repreenda o Vaticano por sua incapacidade de proteger crianças e adolescentes contra esses crimes. Numa entrevista coletiva a poucos metros dos muros do Vaticano, ontem, o presidente da Rede de Sobreviventes dos Abusados por Padres (Snap, na sigla em inglês da organização) informou que seu grupo fez uma solicitação formal ao Comitê da Organização das Nações Unidas para os Direitos da Criança. "É uma longa apresentação de 30 páginas baseada em relatórios governamentais de cinco nações", disse David Clohessy. "Esperamos que a ONU se pronuncie de forma muito incisiva, e diga que o Vaticano está em violação do tratado que concordou em honrar", afirmou.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.