12 de Fevereiro de 2014
Gene da inteligência ligado à massa cinzenta

Veículo: 
Estado de Minas

Pesquisadores do Instituto de Psiquiatria do King’s College, de Londres, encontraram um gene que vincula a inteligência à espessura da chamada "massa cinzenta" cerebral e disseram que a descoberta poderá ajudar os cientistas a entender como e por que algumas pessoas têm dificuldades de aprendizado. Uma equipe científica internacional analisou amostras do DNA e exames cerebrais de mais de 1,5 mil adolescentes saudáveis de 14 anos, que foram submetidos a testes para determinar sua inteligência verbal e não verbal. Os pesquisadores examinaram o córtex cerebral – a camada mais externa do cérebro, também conhecida como "massa cinzenta", com papel fundamental para a memória, a atenção, a percepção, a consciência, o raciocínio e a linguagem. Eles então analisaram mais de 54 mil variáveis genéticas possivelmente envolvidas no desenvolvimento cerebral e descobriram que, em média, os adolescentes com uma variante genética específica tinham um córtex mais fino no hemisfério cerebral esquerdo – e se saíam pior nos testes de capacidade intelectual.

Tags:

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.