10 de Dezembro de 2013
Férias e a mesada dos filhos

Veículo: 
O Estado do Maranhão

A educação financeira para as crianças deve começar desde cedo. Assim, além da escola, os pais possuem um papel fundamental nesse processo. Mas como os pais podem fazer isso? São várias as formas; uma delas é a mesada. Para os pais que ainda não disponibilizam essa ferramenta, este período de férias é ótimo para planejar e começar a falar com os filhos sobre o tema, sendo importante sempre ter em mente algumas questões. A primeira dúvida em relação a esse tema é a idade com que a criança deve iniciar o contato com o dinheiro. Isso dependerá de cada caso; entretanto, a partir dos três anos, quando a criança começa a demonstrar desejos próprios, já é o momento de iniciar a analisar a melhor forma de inserir a educação financeira (não a mesada), mostrando o processo de troca do dinheiro por produtos. A mesada efetivamente deve ser pensada por volta dos sete a oito anos, quando as crianças já estiverem acostumadas com o contato com o dinheiro. Contudo, cuidados devem ser tomados para que esse artifício realmente atinja a sua finalidade.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.