04 de Agosto de 2014
Estados Unidos aprovam recursos para atender à onda de imigração infantil

Veículo: 
correiobraziliense.com.br

O Congresso americano aprovou na sexta-feira (1º) recursos para atender à onda de milhares de crianças que cruzaram sozinhas e de maneira ilegal a fronteira, ao mesmo tempo em que o presidente Barack Obama anunciou que atuará de maneira unilateral para solucionar a crise. A medida, aprovada na Câmara de Representantes, dominada pelos republicanos, com 223 votos a favor e 189 contrários, destinaria US$ 694 milhões para aumentar a capacidade de acomodar e deportar as crianças sem documentos. Mas o valor é apenas uma pequena parte dos US$ 3,7 bilhões que Obama solicitou ao Congresso para atender à emergência, e o presidente já havia ameaçado vetar a iniciativa republicana. O projeto não conta com o apoio dos democratas no Senado, um passo necessário para virar lei. "O presidente deve assumir a liderança e mitigar a crise, revertendo a onda de imigrantes ilegais e obtendo o cumprimento das leis", advertiu o presidente da Comissão de Orçamento da Câmara, Hal Rogers. "Mas, enquanto isto, este projeto ajudará nossos funcionários e agências federais nesta difícil situação a curto prazo", completou.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.