11 de Janeiro de 2012
Educação no Distrito Federal é referência no País

Veículo: 
A notícia foi publicada nos principais jornais do País

Um levantamento divulgado ontem (10) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) sobre a presença do Estado no Brasil aponta que o Distrito Federal tem excelência na área da educação, com o maior índice nacional de jovens entre 15 e 17 anos matriculados na série adequada. Em todo o País, o cenário dos alunos cursando as séries certas mostra disparidades, na comparação entre as faixas etárias de 6 a 14 anos e de 15 a 17 anos. No primeiro grupo, o índice nacional varia de 87,2% a 94,4%. Já na faixa etária de 15 a 17 anos, a média nacional é de 47,9%. O DF lidera o ranking com 68,8%. O menor índice está em Rondônia, com 31,6%. Além do DF, outras cinco regiões têm mais de 80% dos professores da rede pública com formação superior: MG, SP, PR, SC e MS. Os estados do Norte têm os piores índices de abandono da escola no ensino médio: em todos, mais de 60% dos jovens de 15 a 17 anos deixaram os estudos. “Enquanto no ensino fundamental quase a totalidade das crianças está na escola, no ensino médio, a taxa de frequência ainda é baixa”, compara o assessor da presidência do Ipea, André Calixtre.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.