05 de Setembro de 2013
Droga ameniza efeitos da síndrome de Down

Veículo: 
A notícia foi publicada nos principais jornais do País

Pesquisadores do Instituto de Saúde da Universidade de Johns Hopkins, nos Estados Unidos, fizeram uma importante descoberta para ajudar a reverter os problemas cognitivos causados pela síndrome de Down. O estudo, divulgado na revista Science Translational Medicine, mostra que uma nova droga pode ser promissora para minimizar os efeitos adversos do distúrbio. Administrada em ratos logo após o nascimento, a substância melhorou capacidade de desenvolvimento cerebral das cobaias. De acordo com Roger Reeves, que pesquisa há 15 anos a síndrome e autor do estudo, a maioria das pessoas que nasce com o distúrbio tem o cerebelo cerca de 60% menor, o que causa problemas de memória e aprendizado. O composto criado, segundo ele, conseguiu normalizar o funcionamento dessa estrutura cerebral. "A droga não será capaz de reverter a síndrome de Down, mas ajudará pessoas com o problema a superar as dificuldades com o aprendizado. Isso contribuirá para viver melhor e com mais qualidade de vida", destaca.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.