09 de Abril de 2013
DF: Bactéria mata bebês em hospital público de Ceilândia

Veículo: 
Correio Braziliense

Cinco bebês morreram no Hospital Regional de Ceilândia (HRC) nos últimos 10 dias. Duas crianças não resistiram à bactéria Serratia, responsável por causar problemas respiratórios e no trato urinário. Em nota oficial, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal confirmou a causa das mortes. Quanto aos demais, um teria falecido por motivo ainda desconhecido e os outros dois, por patologias "alheias à bactéria", conforme informou o documento. Mais dois bebês com diagnóstico positivo à bactéria estão em observação na unidade de saúde de Ceilândia. A nota emitida pela pasta dá conta de um terceiro paciente com infecção ainda desconhecida. Em função disso, gestantes são encaminhadas para outros hospitais do Distrito Federal.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.