22 de Janeiro de 2013
Deputada britânica pede que pais bisbilhotem vida virtual dos filhos

Veículo: 
Diário de Pernambuco

 

Os pais devem espionar os e-mails e mensagens de celular enviados e recebidos pelos filhos, bem como sua vida nas mídias sociais? A nova assessora do governo britânico para temas relacionados à infância e juventude, Claire Perry, desatou um acalorado debate ao defender que sim. Para ela, a noção de que as crianças teriam o direito de manter segredo sobre suas mensagens online perde relevância diante dos perigos que a internet representa. Perry defende que os pais devem insistir em ver as mensagens recebidas e enviadas pelas crianças para evitar que elas façam contatos "inapropriados" com estranhos ou mesmo enviem fotos sensuais para colegas. Para ela, é preciso haver "privacidade", mas afirmou que os jovens estão "expostos a muitos perigos" na rede. "(Nós pais) temos que nos envolver", defendeu.

 

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.