28 de Agosto de 2012
Crianças japonesas desenvolvem nódulos

Veículo: 
A notícia foi publicada nos principais jornais do País

Aproximadamente 38 mil crianças e adolescentes que vivem na região de Fukushima, no Japão, foram submetidas a testes para verificação do funcionamento da tireóide. Em 36% dos examinados foram identificados nódulos, porém não houve confirmação de tumor maligno. Mais de 52 mil pessoas ainda estão fora de suas casas em um raio de 20 quilômetros ao redor da Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, desde os acidentes de 2011. As autoridades decidiram-se pelos testes, depois de verificar que algumas crianças apresentavam nódulos na tireóide. Mas o governo de Fukushima desconsidera a possibilidade de adotar medidas adicionais.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.