19 de Janeiro de 2012
Cresce o total de abortos sem segurança no mundo

Veículo: 
Folha de S. Paulo
Correio do Povo

O número de interrupções não seguras da gravidez está aumentando de forma preocupante, segundo pesquisa da Organização Mundial da Saúde (OMS) que será publicada na revista científica médica The Lancet. Os abortos realizados sem segurança em todo o mundo passaram de 44%, em 1995, para quase 49% em 2008. Entre 1995 e 2003, o número de abortos entre mulheres em idade fértil, entre 15 e 44 anos, caiu de 35 para 29 por mil. Em 2008, a taxa ficou em 28 por mil. O diagnóstico também identificou que o índice de abortos foi menor em regiões que permitem o procedimento do que naquelas em que a medida é proibida.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.