25 de Fevereiro de 2014
Como funciona a rota do tráfico de pessoas na Amazônia

Veículo: 
A Crítica

A Amazônia é um dos focos de atenção da Campanha da Fraternidade (CF) deste ano. O tema –"Fraternidade e Tráfico Humano" – traz à tona a grave situação em que vivem aproximadamente 800 mil pessoas de diferentes regiões do mundo na condição de traficadas. Parte desse universo é do Brasil e, a maioria, mulheres adolescentes e jovens, na faixa etária de 14 a 21 anos. Os dados são da Organização Internacional do Trabalho (OIT), de 2012, e de pesquisas nacionais e internacionais nessa área. Detentora de 11 mil km de fronteira dos quais o Amazonas responde por uma faixa de 6,5 mil km, a Região Amazônica tornou-se um dos corredores internacionais do tráfico de pessoas. Chamar a atenção para esse crime ainda submetido ao silenciamento é um dos objetivos da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), vinculada à Igreja Católica, e responsável pela realização anual da CF. Em Manaus (AM), o lançamento da campanha será às 9h da Quarta-feira de Cinzas, no dia 5 de março, na Igreja-Matriz.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.