06 de Novembro de 2013
China planeja fechar escolas quando poluição for alarmante

Veículo: 
Correio Braziliense
Jornal do Commercio
Jornal de Brasília
Diário de Pernambuco

O governo chinês anunciou hoje nesta quarta-feira (6) que estuda a possibilidade de um horário mais flexível para as aulas e a sua suspensão, caso sejam registrados níveis alarmantes de poluição. A informação consta de circular do Ministério da Proteção do Meio Ambiente chinês, divulgada um dia depois de ter sido revelado que a paciente mais jovem da China com câncer de pulmão é uma menina de oito anos, situação atribuída pelos médicos aos elevados níveis de poluição aos quais esteve exposta. A menina, que está internada em um hospital de Jiangsu, na cidade de Nankin, vivia ao lado de uma estrada. Sem citar esse caso concreto e sem especificar o nível que considera alarmante, a nota oficial apela para que sejam adotadas "todas as medidas possíveis" para reduzir os níveis de poluição quando eles forem elevados, principalmente suspender a produção das fábricas, restringir o número de veículos ou proibir churrascos nas ruas.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.