13 de Fevereiro de 2012
CE: Estado avança para erradicar o trabalho infantil

Veículo: 
Diário do Nordeste

O Ceará continua avançando na tentativa de contribuir para a erradicação do trabalho infantil no País. Em 2011, o estado conseguiu afastar de atividades de trabalho 829 crianças e adolescentes. Com este número, a Superintendência do Ceará lidera o ranking de pessoas com menos de 18 anos afastadas no Brasil. Segundo a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Ceará, cerca de 90% dessas crianças atuavam em algum segmento dentre aqueles listados pelo Ministério do Trabalho como as 82 piores formas de trabalho infantil: ambulantes, guardadores de carro, guardas mirins e guias turísticos. Os outros 10% foram retirados de ambientes de comércio, de mercados e feiras. Entre os mecanismos utilizados para solucionar este problema estão a inserção de adolescentes a partir de 14 anos como aprendizes no mercado de trabalho.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.