18 de Junho de 2014
CE: Escolas recebem crianças para evitar casos de exploração

Veículo: 
O Povo

Para evitar situações de exploração de crianças e adolescentes durante a Copa em Fortaleza (CE), três escolas municipais estão funcionando em regime de plantão, de 11 às 23 horas. A ação integra a Agenda de Convergência da Copa, que está sendo executada durante a realização do evento esportivo. "Recebemos crianças, por exemplo, filhos de ambulantes que estão trabalhando na Fan Fest. Se o pai quiser, assina um termo e se compromete a buscá-la depois", explica a presidente da Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci), Tânia Gurgel. São as seguintes escolas: Alba Frota, São Rafael e Ismael Pordeus. A Prefeitura rebate a informação que circulou na imprensa e nas redes sociais de que esses espaços teriam finalidade de "higienização". "Eu afirmo e reafirmo com muita tranquilidade que o nosso objetivo é só um: de proteção à crianças e adolescentes", disse a presidente da Funci. Ela aponta que os principais problemas até então registrados são mendicância e trabalho infantil.

Patrocínio
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.