17 de Setembro de 2013
CE: Casos de sífilis crescem 163,6%

Veículo: 
Diário do Nordeste

O número de casos de sífilis congênita no Ceará quase triplicaram em oito anos. Saltou de 366 em 2005, para 965 no ano passado, o que representa crescimento de 163,6%. Chama atenção que dos casos registrados em 2012, 60% (579) estão concentrados em Fortaleza. Outro dado de alerta é que mais da metade das crianças tiveram o diagnóstico somente no momento do parto ou pós-parto. Neste ano, já são 502 confirmações da doença, até o último dia 11 de setembro, sendo 266 (53%) na capital, conforme dados da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). O órgão também alerta que entre 70% e 100% das mulheres com sífilis não tratada ou cuidada inadequadamente transmitem a doença para os seus bebês durante a gravidez. Os problemas relacionados a essa doença podem ser evitados com medidas de proteção e prevenção realizadas em um pré-natal de qualidade pelas equipes de saúde da família em cada município.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.