07 de Outubro de 2014
Brinquedos educativos são boa alternativa para Dia das Crianças

Veículo: 
Bem Paraná Online

Ao brincar, a criança percebe-se como um "ser" no mundo numa relação entre o que é pessoal e o que é do grupo. Por isso, o brinquedo é um produto importante, uma vez que, ao manuseá-lo, permite o ingresso no mundo da imaginação e no mundo das regras, ainda mais se ele for educativo. Por isso, muito pais, tios e avós optam por presentear com brinquedos desse tipo. Com 36 anos em Curitiba, A Titá Brinquedos é uma das mais antigas lojas a oferecer este tipo de produto para esse público. Dos 4 aos 6 anos, os mais indicados são aqueles que possam iniciar a criança no mundo das letras, palavras e números. Para essa faixa etária e após, a indicação é a escolha de quebra-cabeças, mapas e jogos com palavras. Grande parte dos brinquedos educativos é feita com madeira, mas há também peças confeccionadas em papel acartonado e plástico. É de plástico, por exemplo, os blocos de montar mais conhecidos, os Lego, que começam com peças maiores e, à medida que a criança cresce, eles diminuem, mas sem perder a capacidade de encaixe. Além do aprendizado que o brinquedo educativo proporciona, a outra vantagem é a durabilidade. Os de madeira são mais resistentes assim como os blocos de montar plásticos.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.