23 de Fevereiro de 2012
BA: Secretaria identifica mais de 300 crianças trabalhando no Carnaval de Salvador

Veículo: 
Correio da Bahia

A Secretaria do Trabalho, Assistência Social e Direitos do Cidadão (Setad) de Salvador (BA) identificou pelo menos 312 meninos e meninas trabalhando no circuito Centro/Campo Grande/Aflitos nos seis dias de carnaval. A maior incidência foi registrada nas regiões do Centro Histórico, Vale do Canela, Politeama, Campo Grande, Largo 2 de Julho, Forte de São Pedro, Avenida Sete, Relógio de São Pedro, Avenida Carlos Gomes e Piedade. Nas blitze sociais de combate ao trabalho infantil realizadas diariamente pela Setad durante o feriado, os responsáveis foram orientados sobre os riscos para crianças e adolescentes desacompanhados, nas regiões onde passam os blocos. As abordagens tiveram como objetivo garantir a proteção e a não violação dos direitos infantojuvenis.

Vulnerabilidade – O Conselho Tutelar realizou 130 atendimentos no período envolvendo crianças. Algumas estavam perdidas, outras foram identificadas trabalhando como “cordeiro”, e outras foram encontradas em situação de agressão, consumindo bebida alcoólica, envolvidas com tentativa de suicídio, maus tratos e abandono.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.