06 de Janeiro de 2012
Assassinato de crianças e adolescentes na Paraíba cresce 211% em uma década

Veículo: 
Correio da Paraíba

O número de homicídios de crianças e jovens de zero a 29 anos ocorridos na Paraíba aumentou 211,76% em dez anos, passando de 289 mortes (em 2001) para 901 (em 2010). Dados parciais do Sistema de Informações sobre Mortalidade, do Ministério da Saúde, apontam que no ano passado houve 663 assassinatos de crianças e jovens no estado. Somente da noite da última terça-feira (3) até a madrugada de ontem (5), foram registrados pelo menos três casos de homicídios de jovens na grande João Pessoa (PB). O caso mais recente foi o assassinato do adolescente de 15 anos, João Pedro de Araújo Brito, que morreu ontem dentro de casa com seis tiros na cabeça. O caso ocorreu na Comunidade São Rafael.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.