09 de Dezembro de 2013
Anistia Internacional começa campanha contra violação de direitos humanos no Brasil

Veículo: 
A notícia foi publicada nos principais jornais do País

A Anistia Internacional começou a campanha Escreva por direitos, que, até o próximo dia 16, vai fazer ações em várias cidades do Brasil como São Paulo (SP), Fortaleza (CE), Curitiba (PR), Belém (PA), Manaus (AM), Goiânia (GO), Brasília (DF), Niterói (RJ), Salvador (BA) e Dourados (MS) e em diversos países. No Rio de Janeiro (RJ), voluntários da Anistia vão colher, na praça São Salvador, em Laranjeiras, zona sul da cidade, assinaturas e incentivar as pessoas a participarem da Maratona de Cartas. Nela, quem quiser pode enviar mensagens para autoridades de países onde ocorrem casos de violação dos direitos humanos e ainda para a família de pessoas que sofreram violência. De acordo com dados da Anistia, cerca de 77% dos jovens assassinados no Brasil são negros e mais de 90% dos inquéritos de homicídios são arquivados antes de se tornar denúncia. Ainda conforme a Anistia Internacional, não foi por acaso que foi escolhido este período do ano para fazer a maratona. Quando lançou a Declaração Universal sobre Direitos Humanos, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o dia 10 de dezembro como o Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Patrocínio
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.