14 de Outubro de 2013
Acidentes de motos com crianças no Rio disparam

Veículo: 
O Globo

De janeiro a setembro deste ano, o número de acidentes de motos no Rio de Janeiro com crianças e adolescentes envolvidos aumentou 59%, se comparado com o mesmo período de 2012, passando de 76 para 121, revelam estatísticas do Corpo de Bombeiros. O uso de motocicletas no transporte dos filhos tem sido uma opção cada vez mais comum entre pais que querem evitar atrasos provocados pelos congestionamentos. Na tentativa de frear a evolução do total de crianças vítimas de acidentes de moto, a Associação dos Motociclistas do Estado do Rio de Janeiro propõe mudança no Código de Trânsito para que a idade mínima de quem vai na garupa passe de sete para 11 anos.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.