17 de Abril de 2012
AC: MPE quer fortalecer Disque 100 no estado

Veículo: 
Página 20

O Ministério Público do Acre (MPE/AC) quer fazer chegar ao interior do estado informações mais claras sobre o Disque 100, número gratuito para registro de casos de violação de direitos humanos. Para isso, o órgão promoveu um encontro entre o coordenador de Encaminhamento da Coordenação-Geral do Disque Direitos Humanos, Fabiano Lima, e os delegados de polícia, servidores públicos ligados à educação, saúde e desenvolvimento social, com a presença também de assistentes sociais e conselheiros tutelares. O serviço trabalha especialmente com moradores de rua, idosos, pessoas com deficiência, crianças e adolescentes e o público LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais). Para o coordenador de Defesa de Infância e Juventude do MPE/AC, Carlos Roberto da Silva Maia, a visita marca o início do fortalecimento do Disque 100 no estado.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.