UNICEF lança concurso de vídeos de um minuto

Ressaltar o direito à liberdade de crianças com necessidades especiais e fazê-las crescer em  um ambiente que permita desenvolver plenamente seu potencial é a proposta do concurso infanto-juvenil, Tem a ver com habilidade! O projeto é promovido pelo UNICEF em nível global para pessoas com até 25 anos de idade.  Os interessados devem enviar para a sede do UNICEF em Nova Iorque, até o dia 15 de dezembro, um vídeo relacionado às deficiências, seja mostrando uma experiência pessoal ou comentando sobre os direitos das pessoas com deficiência e os desafios que elas enfrentam. Todos os materiais audiovisuais devem ter um minuto de duração e podem ser de qualquer gênero: drama, comédia, ficção, documentário, animação ou ação. Os vídeos serão analisados por um painel de comunicadores e jovens que escolherá os finalistas e o vencedor. O vídeo vencedor além de ser disponibilizado para divulgação em todo o mundo e apresentado em canais online, também será usado como parte dos materiais de lançamento do relatório Situação Mundial da Infância 2013. O realizador do vídeo vencedor receberá uma filmadora Flip HDV da Sony.

Onde: 
Sede do UNICEF em Nova Iorque
Horário: 
Público-alvo: 
Vagas: 
Informações: 

Os vídeos devem ser colocados em um dos seguintes sites de compartilhamento de vídeos: YouTube, Blip, Dailymotion, ou Vimeo.

Após colocar o vídeo em um desses sites, envie um e-mail para unicef.youthvideocontest@gmail.com com as seguintes informações:

- Nome
- Idade
- Link para o vídeo
- Título do vídeo
- Endereço postal (com país)
- E-mail
- Número de telefone

Caso você não tenha acesso aos sites acima, pode enviar seu vídeo pelo correio como arquivo .mov num CD/DVD para o seguinte endereço:

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV
UNICEF
Room 933
3 UN Plaza
New York, NY 10017
USA

Promoção: 
UNICEF
Inscrições: 
quarta-feira, 31 Outubro, 2012 até sábado, 15 Dezembro, 2012
Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.