10 de Dezembro de 2012
Primeira bolsa de valores ambientais do Brasil entra em operação

A primeira bolsa de valores para negociação de ativos ambientais do Brasil entra em operação nesta segunda-feira, dia 10 de dezembro. A Bolsa Verde do Rio (BVRio) foi criada para facilitar o cumprimento de obrigações por parte dos produtores e a partir disso, formar um mercado que premiará quem preserva e desonerar os que precisam de regularização.  Em vez de ações empresariais, a BVRio vai negociar Cotas de Reserva Ambiental (CRAs) como: as cotas de reserva legal florestal, certificados de emissão de gases do efeito estufa e créditos de carbono. O objetivo é prover soluções de mercado para a promoção do desenvolvimento sustentável. A negociação dos contratos de compra e venda conta com o apoio dos governos estadual e municipal do Rio de Janeiro. A cerimônia de lançamento da BVRio será às 14h, no Palácio da Guanabara. Às 15h haverá coletiva de imprensa que terá transmissão e interatividade e poderá ser acompanhada no website da BVRio: www.bvrio.org. No dia 11 de dezembro, a partir das 17h, o presidente-executivo da BVRio, Pedro Moura Costa, vai estar no twitter (@BVRio) respondendo às dúvidas de produtores que poderão fazer ofertas anonimamente.

Onde: 
Auditório do Palácio Guanabara - Edifício Anexo. Rua Pinheiro Machado, s/n - 2º andar – Laranjeiras – Rio de Janeiro (RJ).
Horário: 
14h
Público-alvo: 
Vagas: 
Informações: 

A BVRio vai transmitir a cerimônia online e jornalistas poderão enviar perguntas durante a coletiva: http://www.bvrio.org  e @BVRio.

Promoção: 
BVRio
Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.