Estão abertas as inscrições para o 1º Concurso de Curta Documentário sobre a Lei Maria da Penha

Divulgar a Lei Maria da Penha, facilitar a percepção da sociedade sobre o alcance da Lei, verificar por meio de histórias reais como a norma tem alterado a vida das pessoas, e avaliar o impacto da produção legislativa. Estes são os objetivos do 1º Concurso de Curta Documentário sobre a Lei Maria da Penha promovido pela Procuradoria Especial da Mulher em parceria com a Secretaria de Comunicação Social da Câmara dos Deputados, com o apoio do Banco Mundial. Podem participar do concurso pessoas físicas ou jurídicas detentoras dos direitos patrimoniais das obras audiovisuais a serem inscritas. As inscrições de reportagens especiais ou curta documentários de média duração, de quatro a seis minutos, podem ser feitas até o dia 23 de novembro pelos Correios, por meio do envio postal com AR (aviso de recebimento) em envelope único com a documentação completa impressa e com cinco cópias da reportagem inscrita em formato DVD. O concurso vai selecionar cinco obras audiovisuais com histórias ligadas à garantia de direitos oferecida pela Lei Maria da Penha e estas serão exibidas pela TV Câmara. Além disso, cada reportagem ou curta selecionado receberá R$ 10 mil pelos direitos de concessão. A premiação será feira em cerimônia durante o mês de março de 2013, na semana comemorativa pelo Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março.

Onde: 
Horário: 
Público-alvo: 
Pessoas físicas ou jurídicas detentoras dos direitos patrimoniais das obras audiovisuais a serem inscritas
Vagas: 
Informações: 

As inscrições devem ser feitas pelos Correios, por meio do envio postal com AR (aviso de recebimento) em envelope único com a documentação completa impressa e com cinco cópias da reportagem inscrita em formato DVD.

Acesse o site http://www.curtamariadapenha.com.br/

Promoção: 
Procuradoria Especial da Mulher e Secretaria de Comunicação Social da Câmara dos Deputados
Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.