28 de Agosto de 2013 até 30 de Agosto de 2013
AL: Instituto Aliança capacita Redes de Proteção no Contexto de Grandes Obras e Megaeventos

Com o objetivo de disseminar uma metodologia de atendimento a crianças e adolescentes em situação de violência sexual, o Instituto Aliança realiza em Maceió, entre os dias 28 e 30 de agosto, a Capacitação das Redes Locais de Proteção no Contexto das Grandes Obras e Megaeventos. A iniciativa tem apoio da Secretaria de Direitos Humanos (SDH/PR) e do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda). Em Alagoas, além da capital, Maceió, os municípios de Maragogi, Japaratinga, Porto de Pedra, São Miguel dos Milagres, Barra de Santo Antônio, Paripueira, Marechal Deodoro e Barra de São Miguel também participarão do curso de capacitação que acontece no Auditório Aquatune do Palácio República dos Palmares, a partir das 9h. A participação está aberta a gestores, educadores, técnicos e conselheiros que integral o Sistema de Garantia de Direitos e/ou participam da Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente. Além destes, o curso é voltado para crianças e adolescentes que participam de ações de mobilização da rede de proteção. A iniciativa está dividida em dois processos formativos: capacitação geral e assistência técnica. Esta última se divide nas seguintes áreas: atendimento jurídico; atendimento psicossocial; reinserção familiar e comunitária; reinserção socioprodutiva; e educação social, com foco no protagonismo.

Onde: 
No Auditório Aquatune do Palácio República dos Palmares, em Maceió (AL).
Horário: 
A partir das 9h
Público-alvo: 
Vagas: 
Informações: 

Graça Gadelha: (61) 8103-0605 / 8125-1000

Nelma Nunes: (82) 8883-7564 / 3315-1739

Promoção: 
Instituto Aliança com apoio da Secretaria de Direitos Humanos (SDH/PR) e do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda)
Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.