Portal reúne informações, sugestões e histórias de iniciativas de sucesso que dizem respeito aos espaços na cidade voltados para o bom desenvolvimento infantil das crianças. Além de enviar sugestões de projetos inspiradores, público pode fazer download de um livro digital

Ao final do ano passado, cerca de 65,6 milhões de pessoas eram consideradas vítimas de deslocamento forçado. Desse contingente, 22,5 milhões eram refugiados — um recorde histórico, de acordo com relatório divulgado pela ACNUR, Agência da ONU para Refugiados

Um em cada seis idosos sofre alguma forma de abuso no mundo, e a previsão é de que aumente à medida que as populações envelhecerem em todo o mundo. A pesquisa, apoiada pela OMS, se baseia nas melhores evidências disponíveis de 52 estudos em 28 países de diferentes regiões

Infância na Mídia
Agência Brasil
22/06/2017
Apenas seis das 30 metas e estratégias que deveriam ter sido cumpridas até 2017 foram alcançadas total ou parcialmente. Texto prevê metas para melhorar a qualidade do ensino brasileiro em dez anos, desde a educação infantil até a pós-graduação
O Estado de S. Paulo
22/06/2017
Presença masculina na educação infantil cresceu nos últimos anos, mas segue pequena; profissionais relatam preconceito. Participação dos homens no magistério é maior conforme o avanço das etapas de ensino. Atuação contribui para que as crianças desenvolvam uma identidade positiva sobre gênero
Revista Veja
22/06/2017
De acordo com o mapeamento, Pará é o Estado com mais alunos deixando a escola em todas as etapas de ensino, com 16% de desistência no Ensino Médio. Já a menor taxa de evasão do Ensino Médio é no Paraná e em Roraima, com 9% cada
Recursos para jornalistas
  • Guia de monitoramento: Violações de direitos na mídia brasileira III
    No Volume III, são apresentados os dados de pesquisa realizada em programas de rádio e TV das cinco regiões brasileiras, acusando níveis preocupantes de violações de direitos e de infrações a leis e a normas autorregulatórias do campo midiático. E a partir dos elementos constitutivos do modelo “policialesco” identificados na amostra, é aberto amplo debate sobre o fazer jornalístico — seus limites e responsabilidades.